Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Ozzy Osbourne: "Só me aposento quando fecharem meu caixão - aí farei um bis"
01/09/2020 14:10 em Ultimas do Mundo Rock

OBSERVAÇÃO: Pergunta: "Fico honrado pelas pessoas ainda estarem saindo de casa para me ver. Ser Ozzy Osbourne... poderia ser pior. Eu poderia ser o Sting", disse o Madman em recente entrevista.

O vocalista Ozzy Osbourne voltou a deixar claro que não irá se aposentar da música. Apesar de ter dado início à sua segunda turnê de despedida, "No More Tours II", em abril de 2018, o cantor deixou claro que não pretende parar.

Em outras entrevistas, ele já havia dito que a turnê em questão seria a última das "grandes tours mundiais", pois não quer ficar muito tempo longe da família. Agora, ao The Mirror, ele reforçou que não pretende parar antes de morrer.

"Sabe quando será minha hora de aposentar? Quando eu ouvi-los fechando a tampa do meu caixão. Aí, farei uma p*rra de um bis. Sou o Príncipe das Trevas", afirmou, inicialmente.

O Madman destacou que estar diante de uma plateia pulando com suas músicas traz uma "sensação melhor que um orgasmo". "É o melhor caso de amor da minha vida. A festa está rolando, cara. Fico honrado pelas pessoas ainda estarem saindo de casa para me ver. Ser Ozzy Osbourne... poderia ser pior. Eu poderia ser o Sting", disse.

O diagnóstico de Parkinson, revelado no início deste ano, poderia ser um impedimento para Ozzy cumprir seu plano? O vocalista não sabe, mas entende que, uma hora, a vida acaba.

"Minha única pergunta foi: 'essa doença é terminal?'. O cara disse: 'não, mas a vida é'. É apenas mais uma coisa para lidar. Não estou preocupado com isso. Não tenho segredos. O choque inicial foi: 'eu tenho Parkinson'. Ninguém sabe que p*rra é essa. Eu não sabia nada além do nome", afirmou.

Sharon, esposa e empresária de Ozzy, participou da entrevista e complementou: "Por que isso deveria ser um segredo? Ele sempre andou de um jeito engraçado. Nada será diferente. Não precisam ter dó dele. Ele só precisa de um palco. Talvez não possa correr como antes, mas ainda tem a voz e ainda é um cara engraçado. A voz dele é o legado, você a reconhece na primeira nota".

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
.